segunda-feira, 21 de março de 2011

Mario Ulloa, Violonista


Natural de Costa Rica, Mario Ulloa se dedica à arte do violão desde os quatro anos de idade em uma família com vasta tradição musical. Estudou durante seis anos no Conservatorio de Castella. Posteriormente, ingressou na Escuela de Artes Musicales de la Universidad de Costa Rica, em San José, formando-se em 1985, sob a tutoria do professor Luis Zumbado. Com bolsas de estudos do DAAD e do KAAD, continuou seus estudos musicais na Musikhochschule Köln, Alemanha, obtendo em 1990, sob a tutoria do maestro Eliot Fisk o mais alto diploma dessa instituição: Konzertexamen (Diploma de Concertista). Nessa mesma Escola realizou estudos de música barroca com o Professor Konrad Junghännel. Ainda com Fisk, realizou também estudos no Mozarteum, Salzburgo, Áustria. Durante quatro anos, cursou o programa de pós-graduação na Escola de Música da Universidade Federal da Bahia obtendo, em 2001, seu Diploma de Doutor em Música, sob a orientação do Prof. Dr. Joel Barbosa e co-orientação do Prof. Dr. Jamary Oliveira. Obteve o Prêmio de Melhor Intérprete de Agustín Barrios, no Paraguai (1994), e o 5º Prêmio (Prêmio Printemps de la Guitare), na Bélgica (1997). Tem se apresentado em países como Inglaterra, Alemanha, Áustria, Holanda, Noruega, França, Bélgica, Canadá, Estados Unidos (Nova York e outras cidades), México, Panamá, Costa Rica, Equador, Argentina, Paraguai, e nas principais capitais brasileiras. Atualmente possui residência fixa em Salvador, BA.

6 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Esse eu conheço, grande mestre das cordas. Fui seu aluno na escola de musica da ufba. um forte abraço do seu aluno
    antonio

    ResponderExcluir
  3. Esse eu conheço, grande mestre das cordas. Fui seu aluno na escola de musica da ufba. um forte abraço do seu aluno
    antonio

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Estava na minha casa e de repente ouvi aquele violão maravilhoso, percebi que se tratava de um instrumento e não de uma gravação. Desci e na rua encostei em um carro e fiquei ouvindo, havia também um violino e eles estavam tocando, creio que uma música clássica, não importa, estava me fazendo um bem enorme a música quando bem tocada transmite emoções, quando terminou eu aplaudi e gritei bravo, foi ai que eles apareceram.

    De vez em quando o encontro, Mário Ulloa, ele é uma pessoa muito educada e fala com todos como se fosse uma pessoa normal e não esse artista fantástico.

    Meu grande abraço e meus sinceros parabéns, coloquei no Facebook, MARIO ULLOA in Concert

    ResponderExcluir